dedicação total à Natação Esportiva

dedicação total à Natação Esportiva

dedicação total à Natação Esportiva

dedicação total à Natação Esportiva

30 nov Recorde mais antigo da natação brasileira é quebrado! E Pinheiros é Hexa!

Terminou ontem o Campeonato Brasileiro Juvenil, o Troféu Carlos Campos Sobrinho. E o Esporte Clube Pinheiro consagrou-se hexacampeão, em segundo ficou o Clube Curitibano e em terceiro o Corinthians! Esse foi o 11º título do clube paulista, sendo o sexto consecutivo.

A competição ontem teve ainda, um fato de muita alegria para a natação brasileira, o recorde mais antigo da natação brasileira foi quebrado, e quem conquistou esse feito foi Maria Luiza Pessanha (Marina Barra Clube), superando a marca de 1986, que pertencia a Daniela Lavagnino de 2:17.89 nos 200m Borboleta Juvenil 1. Logo nas eliminatórias Maria Pessanha fez 2:17.66, nas finais melhorou ainda mais, realizando 2:16.48.

As provas de ontem começaram com as disputas sempre emocionantes do 50m Livre. No juvenil 1 feminino emoção até a última braçada com Ana Giulia Zortea (Flamengo) batendo na frente com 26.89, Luiza Goeij (Curitibano) foi a segunda com 26.98, e em terceiro ficou Fernanda Andrade (CIBES) 27.36.

No juvenil 2, quem levou o ouro foi Clarissa Rodrigues (SESI-SP), com 26.60, a prata ficou com Mariana Antonini (Pinheiros) 26.99 e com o bronze, Luanna Nunes (Pinheiros) com 27.09.

No masculino, Lucas Peixoto (GNU), levou seu terceiro ouro na competição, fazendo 23.79, João Victor Pena (Unisanta) ficou com a prata, 24.19 e João Pedro Rosa (AESJ) com o bronze, 24.48.

No juvenil 2, a vitória foi de Breno Correia (Flamengo), também conquistando sua terceira vitória na competição, fez 23.49, em segundo ficou Enzo Sasho (Pinheiros) com 23.57 e em terceiro Arthur Lopes (Curitibano) 23.85.

Segunda prova da etapa foi o 100m Peito. No juvenil 1 o ouro ficou com Ana Giulia Zortea (Flamengo), que já havia vencido os 50m Livre minutos antes, fez 1:14.17, a prata foi de Camila Mello (Fiat/Minas) com 1:15.37 e o bronze ficou com Luiza Goeij (Curitibano), 1:16.81.

No juvenil 2, a prova foi vencida por Heloiza Alves (Corinthians), com 1:13.15, em segundo ficou Isabel Fagundes (SESI-SP), 1:13.27 e em terceiro Emily Lopes (Pinheiros), 1:14.38.

No juvenil 1 masculino, a prova foi super disputada, mas quem bateu na frente foi Lucca Paixão (AESJ), 1:07.95, seguido por Pedro Rocha (Fiat/Minas), 1:08.11 e em terceiro Kaique Alves (Pinheiros), 1:08.17.

No juvenil 2, venceu Caio Pumputis (Pinheiros) com 1:04.06, em segundo ficou Luan Sirilo (CIBES) 1:05.39, e em terceiro Guilherme Domingues (Fiat/Minas) 1:05.42.

200m Borboleta juvenil 1 feminino, foi nessa prova que tivemos a quebra do recorde mais antigo da natação brasileira, Maria Pessanha (Marina BC) venceu com 2:16.48, em segundo Beatriz Dizotti (Corinthians) 2:21.35, e em terceiro Maria Clara Tirulli (SESI-SP), 2:24.65.

No juvenil 2, o ouro foi de Fernanda Bernardo (SESI-SP), 2:21.57, a prata ficou com Gabriela Landim (Pinheiros), 2:23.64, e o bronze com Beatriz Lima e Silva (Corinthians) 2:23.83.

Felipe Lemos (Curitibano) levou o ouro nos 200m borboleta juvenil 1, com 2:11.39, em segundo ficou Matheus Pereira (SERC São Caetano) 2:12.46 e em terceiro Lucas Gomes (ADESEF), 2:13.53.

No juvenil 2, Matheus Gonche (Fluminense) ganhou com 2:01.76, em segundo ficou Felipe Reis (Gama Performance) com 2:06.89 e em terceiro Marco Santos (Corinthians), 2:08.16.

Rafaela Raurich (Curitibano), nadou sua quarta e última prova da competição e bateu mais um recorde de campeonato, dessa vez nos 400m Livre com 4:18.15, a prata ficou com Majda Chebaraka (AABB Brasília) conquistando sua quarta medalha da competição, e o bronze foi de Sofia Sigrist (Pinheiros), 4:33.36.

No juvenil 2, o ouro foi de Maria Paula Heitmann (Fiat/Minas), que quebrou seu segundo recorde de campeonato, com 4:16.32, a prata foi de Mariana Vignoli (GNU), 4:29.07, e o broze com Gabriela Landim (Pinheiros), 4:29.66.

No masculino, Lucas Peixoto (GNU), veio pra sua quarta vitória, vencendo os 50m, 100m, 200m e 400m livre, fez 4:04.67, em segundo ficou Cristian Machado (Curitibano) com 4:07.83 e completando o pódio Pablo Vieira (Praia Clube) 4:08.86.

No juvenil 2, Breno Correira (Flamengo), também venceu sua quarta prova e conquistou os 50m, 100m, 200m e 400m livre, fazendo 4:01.36, em segundo ficou Windson Filho (Salesiano/M.Cunha), 4:02.70, em terceiro David Oliveira (Curitibano) 4:02.97.

Para encerrar o campeonato tiveram os revezamentos 4x50m livre, no feminino o Clube Curitibano levou com o ouro com 1:47.01, a prata ficou com o SESI-SP, 1:47.34 e o bronze o Pinheiros fazendo 1:47.71. No masculino a equipe campeã foi a do Pinheiros com 1:34.26, em segundo ficou o Corinthians com 1:35.21 e em terceiro foi o SESI-SP, fazendo 1:36.31.

Os atletas que se destacaram no campeonato e receberam os troféus de atleta mais eficiente e de índice técnico foram:

Atletas Eficientes:

Juvenil 1 – Rafaela Raurich do Clube Curitbano (66 pontos) e Lucas Peixoto do Grêmio Náutico União (36 pontos).

Juvenil 2 – Maria Paula Heatmann do Minas Tênis Clube (54 pontos) e Caio Pumputis do Esporte Clube Pinheiros (46 pontos).

Melhores índices técnicos:

Juvenil 1 – Rafaela Raurich Clube Curitbano na prova dos 200m livre com 924, e Lucas Peixoto Grêmio Náutico União na prova dos 100m livre com 866.

Juvenil 2 – Maria Paula Heatmann Minas Tênis Clube na prova dos 200m livre com 917, e Caio Pumputis Esporte Clube Pinheiros na prova dos 400m medley com 897.

Competição com excelentes resultados, confirmando o talento dessa geração! Parabéns atletas, técnico e todas aquelas pessoas envolvidas nesse processo de formação desses atletas!

Fonte: http://www.cbda.org.br/cbda/natacao/evento/29342/trofeu-carlos-campos-sobrinho

Nenhum comentário

Publique um comentário.