Um exemplo de superação, Tales Cerdeira.

17 maio Um exemplo de superação, Tales Cerdeira.

Estamos a 80 dias do Jogos Olímpicos do Rio e durante essa contagem regressiva o blog Natação Brasil vai postar entrevistas com alguns atletas que irão representar o Brasil.

imageO primeiro dessa lista é o carioca Tales Cerdeira, que representará o Brasil pela 2ª vez  em uma Olimpíada. Tales começou sua carreira no Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro. Desde então já defendeu o Pinheiros (SP), Flamengo (RJ) e atualmente é do time do Unisanta (SP).

Tales é especialista no nado peito, principalmente na prova de 200m.  Participou do Mundial de Roma em 2009 e de 2010 em Dubai.  Em 2011 disputou os Jogos Pan-Americano de Guadalajara, terminando em 5º lugar nos 200m peito e nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012 conseguiu um excepcional 9º lugar, também nos 200m peito, melhor colocação do Brasil no nado de peito.

Nesse último ciclo olímpico, Tales teve dificuldades para nadar perto dos seus melhores tempos. Em 2015 não conseguiu vaga na seleção que foi ao Pan de Toronto e ao Mundial de Kazan, fazendo ele mesmo duvidar de si. Mas na última oportunidade de conseguir uma vaga nas Olimpíadas do Rio, no Troféu Maria Lenk realizado em abril, Tales surpreendeu a todos e a ele mesmo e conseguiu a tão sonhada vaga, mostrando a todos que não devemos desistir dos nossos sonhos. Ele vai representar o Brasil junto com Thiago Simão na prova dos 200m peito.

Confira a entrevista que Tales Cerdeira cedeu gentilmente para o blog Natação Brasil.

NB:O que significa participar das Olimpíadas para você? A sensação é diferente por ser sua 2ª Olimpíada?

TC:Participar do Jogos Olímpicos é sempre muito especial. Cada competição é diferente da outra, mas acho que essa vai ser ainda mais especial por ser na minha cidade, o Rio!

NB:O que você espera alcançar nas Olimpíadas?

TC:Espero melhorar o resultado que alcancei em Londres, e chegar à final!

IMG_5525NB:Você veio de um ano difícil, em algum momento pensou em desistir desse sonho?

TC:Desistir, acho que não. Mas tive vários momentos em que deixei de acreditar que era possível.

NB:Onde você acha que o time de natação pode chegar nas Olimpíadas de 2016?

TC:Acho que podemos fazer história e alcançar o melhor resultado da natação em Jogos Olímpicos.

NB:Você acredita que as Olimpíadas podem deixar um legado positivo para o Rio de Janeiro?

TC:Essa é a nossa expectativa. Sediar o maior evento esportivo do planeta será uma coisa única para cidade e os cariocas. Depois de tantas dificuldades em todo o processo de viabilização dos Jogos, esperamos que o Rio consiga manter a estrutura esportiva e aprimorar ainda mais a infraestrutura da cidade.

NB:O que você falaria para as crianças e jovens que tem o sonho de chegar a uma Olimpíada?

TC:A mensagem é que o caminho para chegar a uma Olimpíada é, de fato, muito duro. Muitas dificuldades e obstáculos aparecerão, mas a sensação de alcançar um objetivo e realizar seu sonho vale todo o sacrifício. 

Assista as entrevistas do Tales após conseguir o índice AQUI e AQUI.

Obrigada, Tales!! Nós estamos sempre torcendo por você!!

Confira a entrevista com Marcelo Chierighini.

Confira a entrevista com ítalo Manzine.

Confira a entrevista com Manuella Lyrio.

 

 

Nenhum comentário

Publique um comentário.